Cirurgia após grandes perdas Ponderais (Pós-Bariátrica)

Por que operar?

Quando um paciente perde grande volume de peso, seja por dieta ou após cirurgia bariátrica, forma-se um grande excesso de pele  no corpo, em especial na região do abdômen, levando a queda da pele do abdômen sobre o púbis (“abdômen em avental”). Mas esse excesso pode ser observado também na coxa, braço, mama e inclusive a face.

As cirurgias pós-bariátricas não são utilizadas para auxiliar a perda de peso, e sim para melhorar o contorno corporal.

Quando posso operar?

A cirurgia só deve ser realizada quando o peso for estabilizado, pois, se a perda de peso continuar, comprometerá o resultado da cirurgia. Além disso, é muito importante a realização dos exames pré-operatórios e do risco cirúrgico.

Quais são as cirurgias que podem ser feitas?

Para o excesso de pele abdominal é feita a abdominoplastia, mas neste procedimento, além da cicatriz na região inferior do abdômen pode ser necessário uma incisão na região central do abdômen para tratar o excesso de pele da lateral.

Para o excesso de pele da mama é feita a mamoplastia, mas, caso haja o desejo de recuperar o volume da mama, é necessário o uso de uma prótese de silicone.

A braquioplastia é a cirurgia utilizada para remover o excesso de pele nos braços e o lifting de coxa é para a região da coxa.

Qual o tipo de anestesia?

Para o abdômen e a coxa, a anestesia peridural pode ser utilizada mas, para as outras modalidades a anestesia geral mais indicada.

Quanto tempo de internação?

Em todas as cirurgias o paciente é internado no dia da cirurgia e tem alta no dia seguinte.

As cicatrizes são visíveis?

Como as perdas de peso desses pacientes são enormes, chegando alguns pacientes a perderem mais de 100 quilos, os excessos de pele são grandes, e faz-se necessário realizar grandes cicatrizes, mas sempre tentamos colocá-las em locais mais discretos.

Como é o pós-operatório?

O paciente deve manter a ferida limpa e seca, devendo usar uma malha compressiva apropriada para cada tipo de cirurgia sobre a região por 60 dias. Nos primeiros 30 dias, de dia e à noite e nos 30 dias seguintes ou de dia ou de noite.

Não deve praticar atividade física por 60 dias e não pegar sol pelo mesmo período.

Quais as complicações?

Podem ocorrer hematomas (acúmulo de sangue), equimose (roxo), seroma (acúmulo de líquido), cicatriz inestética (quelóide), sofrimento da pele (necrose) e discretas assimetrias.

Pode ser feita mais de uma região de cada vez?

Em alguns casos pode sim ter associação, mas isso deve ser visto caso a caso. Não podemos aumentar muito o risco da paciente tentando fazer múltiplas cirurgias ao mesmo tempo.

Powered by WordPress | Designed by: Dog Groomer | Thanks to Assistant Manager Jobs, Translation Jobs and New York Singles